Acessar
Leia os Livros I, II e III da nova tradução de Meditações antecipadamente!

Estoicismo na vida moderna: Dicas de um fazendeiro

Jean Ramos

Como um bom engenheiro, sempre achei que filosofia era algo teórico feito por pensadores para pensadores. Porém, descobri que muito do que lemos no Estoicismo foi escrito por pessoas que praticaram suas ideias. 

  • Sêneca foi dramaturgo de sucesso, estadista famoso e conselheiro do imperador Nero.
  • Epicteto nasceu escravo, conseguiu a liberdade, e se tornou um grande filósofo sendo citado até hoje.
  • Marco Aurélio – bem, este foi imperador da coisa toda – comandou um dos maiores impérios da história.

Os três são considerados por muitos referências da escola do Estoicismo. E suas ideias são utilizadas até hoje nos tempos modernos. Desde Bill Clinton (ex-presidente dos EUA) até JK Rolling (escritora dos livros do Harry Potter). Ambos são já deram declarações sobre serem fãs do Estoicismo de Marco Aurélio.

Atualmente, o escritor – e também fazendeiro – Ryan Holiday é uma grande referência em divulgar o Estoicismo mundialmente com mais de 2 milhões de livros vendidos ao redor do planeta. 

Ele não só escreve como também é empreendedor e já foi diretor de marketing de uma grande empresa americana.

Da sua fazenda no Texas, onde vive cercado de animais e tem até um burrinho de estimação, ele compartilha dicas incríveis em seus 9 livros publicados, inúmeros posts no seu blog e palestras.

Recentemente, li seu terceiro livro “O Obstáculo é o Caminho”. No livro, ele conta estratégias reais que podem ajudar qualquer um a resolver seus problemas utilizando conceitos do Estoicismo. Ele evita entrar no tema filosófico a fundo tentando mostrar a parte prática da filosofia. 

Talvez uma das melhores portas de entrada para esse mundo filosófico – pelo menos para pessoas como eu – que gostam de matemática e programação (sim, existem pessoas que gostam de matemática). 

Gostaria de deixar três dicas onde o autor digere o Estoicismo deixando-o – ainda mais – fácil de entender e colocando no contexto do dia a dia moderno.

Nesse artigo você irá ler:

I. Todo problema vem com benefícios

  1. Seja objetivo
  2. Controle suas emoções
  3. Escolha o lado positivo
  4. Retorne ao momento presente
  5. Concentre-se no que pode ser controlado

II. Use a ação direcionada como solução

  1. Canalize suas energias
  2. Seja persistente
  3. Tenha visão estratégica
  4. Use os obstáculos
  5. Seja pragmático

III. Prepare-se para começar tudo de novo

  1. Prepare-se para tempos mais difíceis
  2. Aprenda a amar o seu destino
  3. Proteja seu eu interior
  4. Aceite o que é incapaz de mudar
  5. Lembre-se da sua própria mortalidade

Conclusão

I. Todo problema vem com benefícios

Perceber as oportunidades nos problemas é a primeira atitude que devemos focar.

Perceber as oportunidades nos problemas é a primeira atitude que devemos focar.

Você pode não ter ouvido falar muito de John D. Rockefeller, mas provavelmente seu sobrenome não lhe é estranho. Afinal, há inúmeras referências a este famoso empreendedor americano espalhadas pelos EUA. O que torna a história dele interessante é o fato de que ele começou a trabalhar como auxiliar de contabilidade aos 16 anos na mesma época em que a maior crise econômica da história até então – a crise de 1857 – tinha acabado de estourar. 

Avance 20 anos, e John D. Rockefeller e suas empresas deteriam mais de 90% do mercado de petróleo e gás norte-americano. Quando perguntado qual a razão do seu sucesso, ele respondeu que foram os três anos e meio vividos na crise de 1857, a qual chamou de “a escola da adversidade e do estresse”. Durante esses 20 anos, ele não só passou pela crise de 1857, mas também pela Guerra Civil dos EUA, Primeira Guerra Mundial e pela crise de 1929. 

Existem dois pontos interessantes nesta história. Primeiro, a habilidade de Rockefeller em transformar situações de crise em aprendizados é exatamente isso: uma habilidade. E como qualquer habilidade pode ser praticada. 

Ninguém nasce sabendo ver o mundo pelo ângulo mais favorável. 

Ninguém nasce sabendo transformar obstáculos em desafios. 

Isso requer treino.

O segundo ponto é que as situações que o senhor Rockefeller viveu no final do século XIX e começo do século XX não são exclusivas àquela época. Hoje passamos por duas crises econômicas e uma das maiores pandemias da história.

Como disse Shakespeare:

“Nada é bom ou mau. Mas pensar o faz assim.”

As situações que rotulamos em nossa vida como “negativas” podem ser grandes oportunidades de aprendizado e treinamento. 

Os obstáculos na vida podem ser justos ou injustos, de cunho pessoal ou profissional, grandes ou pequenos. No entanto, o mais importante não são os obstáculos em si, mas sim como encaramos a situação.

“Escolha não ser prejudicado — e você não se sentirá prejudicado.

Não se sinta prejudicado — e você não será.”

— Marco Aurélio

A percepção sobre as situações é a chave para conseguirmos encarar o dia a dia da vida moderna. E não é ver o copo “meio-cheio” não. É encontrar o copo certo para observar: sempre existirá um copo cheio se pararmos para procurar. 

Saber transformar uma adversidade em lição, ou como Rockefeller, em uma fortuna é um processo. E ele envolve algumas partes.

Ryan Holiday, lista algumas dicas que podemos utilizar para melhorar nossa percepção sobre as situações negativas da nossa vida:

1. Seja objetivo

O fato de algo acontecer e ser ruim é composto de duas impressões. O fato em si (objetivo) e a nossa impressão de que é algo ruim (subjetivo). Procure sempre focar na parte objetiva. Afinal, um relacionamento que terminou é uma oportunidade para encontrar um melhor, ou uma demissão é uma oportunidade de mudar de carreira, e por aí vai.  

2. Controle suas emoções

Manter a estabilidade é essencial para conseguir extrair o lado bom da situação. Quando nos preocupamos, ficamos nervosos ou estressados estamos gastando energia de modo a deixar de lado o foco, o estado de alerta e a possibilidade de extrair o aprendizado da situação. Guarde sua energia para o que importa.

3. Escolha o lado positivo

Lembre-se de que nós escolhemos como vamos ver as coisas. Sempre temos a opção de colocar nossa perspectiva sobre uma situação. Então tente ao máximo dar preferência para o lado positivo, o ensinamento, como tirar proveito da situação, ou como isso pode te ajudar a atingir seus objetivos. Não podemos mudar os obstáculos da vida, porém podemos mudar a aparência deles.

4. Retorne ao momento presente

Muitas vezes podemos utilizar nossos problemas, nem que sejam como oportunidades para nos concentrarmos no momento presente. Não há necessidade de focar em situações futuras, vivemos no presente momento e ele só existe agora. Pensamentos perturbadores só servem para nos afastar da realidade: vivemos o agora e podemos extrair o máximo disto se focarmos nele.

5. Concentre-se no que pode ser controlado

Cada segundo direcionado a coisas que não podemos influenciar é um desperdício de energia. Devemos sempre focar no que está em nosso poder. Isso faz com que nos tornamos mais eficientes em atacar nossos problemas, afinal não estamos perdendo tempo lamentando coisas e situações que estão fora do nosso alcance. Assim nos tornamos mais focados e com mais energia onde deveríamos estar: nas situações ao nosso alcance.

Ter a perspectiva certa para as situações difíceis é essencial já que nossas ações vão seguir na mesma direção.

II. Use a ação direcionada como solução

Uma vez encontrada a oportunidade, aja de maneira consciente buscando os resultados com disciplina.

Uma vez perguntado sobre qual eram os três pontos mais importantes para se tornar um melhor orador, Demóstenes, um dos maiores oradores e políticos de Atenas antiga, respondeu:

“Ação, Ação, Ação!”

Agir é algo natural ao ser humano. Na vida, não importa o que aconteceu com a gente ou de onde viemos. A única coisa que importa é o que fazemos com o que nos foi dado.

1. Canalize suas energias

Segundo Ryan, não devemos agir por impulso. Ação por si só é desperdício de energia. Na verdade, devemos sempre procurar canalizar as energias para executar os nossos objetivos. Um atleta que cede a frustrações e obstáculos dificilmente vencerá. Mas se conseguir concentrar seus esforços em vencer, aí sim terá grande chances.

2. Seja persistente

Muitas vezes ficamos desanimados quando algo não dá certo. E isso é totalmente normal. As pessoas que conseguiram superar grandes obstáculos geralmente conseguem superar essa sensação inicial de desânimo e usar a energia como recurso para procurar novos ângulos. Quando surgir contratempos, trabalhe duas vezes mais. Lembre-se uma das frases preferidas de Epicteto era:

“Persista e resista.”

3. Tenha visão estratégica

Nas batalhas da vida, podemos nos deparar com situações do tipo o pequeno contra o gigante. E, portanto, não podemos usar força contra força. Tentar bater de frente muitas vezes se torna um desperdício de recursos. Nestas horas, devemos criar alternativas, que muitas vezes não parecem que nos movem para frente. É a popular frase: “Dar um passo para trás, para dar dois para frente.”

4. Use os obstáculos

É natural nos retrairmos frente a situações negativas. Se a situação não está sob o nosso controle, um evento ou uma tragédia aconteceram, o melhor que podemos fazer é usar a situação e transformá-la em algo positivo. Perda de um emprego ou relacionamento, situações dolorosas e problemas profissionais podem acontecer com qualquer um. Pessoas excepcionais são ótimas nessas situações. Elas conseguem transformar qualquer coisa em uma vantagem ou oportunidade para se tornarem pessoas ainda melhores. 

5. Seja pragmático

Todos nós em algum momento devemos fazer concessões. Nem tudo irá sair conforme o planejado. Nestes momentos, devemos ser flexíveis. Seja adaptando nossos planos, contornando obstáculos ou sendo ambicioso o bastante para terminar o que tem que ser feito. E nessas horas o melhor que podemos fazer é sermos pragmáticos agindo da melhor maneira possível para extrair benefícios da situação. Assim, podemos adaptar o caminho e os obstáculos são facilmente contornados – ou ainda – se tornam irrelevantes perante um novo plano.

Agir de maneira consciente, seguindo os passos acima e na direção dada pela perspectiva correta já é estar acima da média. As chances de sucesso são aumentadas drasticamente. 

No entanto, mesmo assim, as coisas podem dar errado. É neste momento que precisamos ter a força de vontade para perseverar.

III. Prepare-se para começar tudo de novo

Lutador comemorando
Tenha perseverança para quando as coisas não funcionarem e esteja disposto a começar novamente.

A força de vontade é o elemento interior que gera a energia necessária para perceber os benefícios e agir corretamente. Segundo Holiday, é uma mistura de humildade, resistência e flexibilidade. 

Algumas vezes, também é estar calmo e confiante para trabalhar mesmo quando o mundo parece despedaçar ao nosso redor. Na verdade, o mundo não liga muito para nós como indivíduos dentro deste universo gigantesco. Assim, o imprevisível acontece o tempo todo como que não se importando com o que sonhamos ou almejamos.

Estar preparado para continuar, mesmo quando o impensável acontece, é uma disciplina crítica. Não basta apenas pensar e agir. Devemos também nos ajustar a um mundo onde as coisas mais inesperadas irão acontecer.

E para isso, seja qual for a situação, podemos sempre seguir alguns ensinamentos.

1. Prepare-se para tempos mais difíceis

Pode parecer pessimismo em excesso. Porém, se preparar para o pior cenário é uma ótima reflexão. O que de pior pode acontecer no seu projeto, objetivo de vida ou atitude? Reflita e planeje de acordo. Ao prever possíveis cenários temos tempo para construir defesas e resistir caso as coisas não saiam como planejado.

2. Aprenda a amar o seu destino

Nietzsche já dizia: amor fati. Não aceite os acontecimentos muito menos fique irritado com alguns deles: ame-os. Ame a situação, pois ela já aconteceu em sua vida e é o que lhe foi dado. Nem sempre temos o poder de escolher o que nos acontece, mas sempre podemos escolher como nos sentimos a respeito disso. Pode parecer contraprodutivo, no entanto, sabendo que sempre podemos extrair oportunidades, conseguimos sentir gratidão por qualquer situação.

3. Proteja seu eu interior

Sinta-se bem consigo mesmo. Esteja preparado para os desafios mesmo vivendo em uma situação confortável. Pois, cedo ou tarde, coisas imprevisíveis vão acontecer em nossas vidas. Podemos sempre aproveitar a calmaria antes da tempestade para estarmos preparados para as situações que estão por vir e não sermos completamente surpreendidos. Seja meditando, mudando hábitos, ou aprendendo algo novo.

4. Aceite o que é incapaz de mudar

Aceitar que certas coisas da vida são o que são é imprescindível para superar os obstáculos que nos aparecem. Gastar tempo e energia discutindo ou reclamando de coisas que já aconteceram e não podem ser mudadas é um grande desperdício. Sabendo que somos robustos para lidar com o que quer que aconteça, que certas coisas não podem ser mudadas – e que tudo na vida passa – podemos aceitar o que a vida nos projeta mais facilmente.

5. Lembre-se da sua própria mortalidade

Talvez um dos conceitos Estoicos favoritos de Ryan – ele carrega o tempo todo consigo uma moeda onde está escrito: Memento Mori – é o fato de que a morte é o obstáculo universal a todos nós. Talvez um pensamento que pareça negativo, mas na verdade – como já vimos – podemos extrair vários benefícios deste fato: 

  • tudo fica mais fácil de priorizar sabendo que o tempo de vida é limitado; 
  • tudo fica mais fácil de perdoar sabendo que o tempo gasto odiando é puro desperdício; 
  • se nós conseguirmos extrair valor do próprio fato de que somos seres mortais, por que não conseguiríamos extrair valor de qualquer outro obstáculo?

Conclusão

Como disse o imperador Marco Aurélio:

“O que impede a ação favorece a ação. O que fica no caminho torna-se o caminho.”

E essa é a realidade do Estoicismo. Algo super marcante para mim. Acredito que todos nós, devido aos aprendizados do senso comum, usamos algumas táticas para contornar situações difíceis:

  • “Há males que vêm para o bem.”
  • “Não há bem que sempre dure e mal que nunca acabe.”
  • “Depois da tempestade vem a bonança.”

No entanto, o que eu aprendi com o Estoicismo é que perceber e sentir as situações como elas são, sem julgamentos, e de maneira a viver plenamente o presente é uma habilidade. Exige prática e disciplina.

Para mim, sempre foi mais importante entender a razão por trás das coisas do que simplesmente seguir uma ideia cegamente. E o Estoicismo é a explicação em termos simples – o obstáculo é o caminho – de como não há outra maneira de se viver uma vida plena se não: 

  • Percebendo as situações como elas são e tentando extrair o melhor delas.
  • Agindo quando devemos agir e não quando queremos agir. 
  • Com perseverança e força de vontade sempre focados em alcançar nossos objetivos.

Estoicismo é uma resposta simples aos problemas da vida moderna. E os seus filósofos já sabiam disso. Pois a vida moderna, assim como a vida na antiguidade, é feita de pessoas com os mesmos medos e angústias. E com as mesmas vontades e sonhos. 

E você, já parou para pensar como os seus problemas da vida na verdade são a sua vida? 

E que podemos escolher como encaramos a nossa vida? 

E que os problemas são só problemas se você os definir assim? 

O caminho que percorremos na vida é feito de obstáculos e os obstáculos, na verdade, são o caminho.

Artigos Relacionados

VER TODOS

Conteúdo para lhe ajudar a manter a sanidade em meio ao caos

Placa verde que sinaliza direção

Como transformar as dificuldades em oportunidades

O Imperador Marco Aurélio escreveu que os obstáculos que existem no caminho se tornam parte do caminho. E suas palavras continuam válidas ainda hoje.

Sabrina Andrade
Ler Artigo
Cena do filme Submarine (2010)

Uma boa memória

Se você está sofrendo agora por qualquer motivo, lembre-se que no futuro o momento atual será apenas uma distante memória.

Mateus R. Carvalho
Ler Artigo
VER TODOS

Acompanhe novidades do Estoicismo Prático

Ao preencher seu email abaixo, você receberá em primeira mão: artigos do blog assim que forem publicados, os mais recentes episódios dos podcasts e informações sobre novos projetos.
Você receberá no máximo um email por semana. ✅