Acessar
Leia os Livros I, II e III da nova tradução de Meditações antecipadamente!

Como o Estoicismo pode te ajudar a sofrer menos

Maria Beatriz

Epicteto foi um filósofo grego Estoico que viveu a maior parte da sua vida em Roma, como um escravo. Segundo ele, para sermos felizes devemos procurar mudar apenas o que pode ser mudado. Devemos aceitar as coisas como são, e a realidade como é apresentada a nós.

Nesse artigo, irei listar 6 ensinamentos que aprendi com Epicteto e outros filósofos Estoicos. Após ter aplicado essas lições em minha vida, aprendi a lidar com o sofrimento de forma mais racional e madura.

1. Não se preocupe com o que não controla 

"Dor é inevitável, sofrimento é escolha."

— Epicteto 

Você deve estar se perguntando: afinal, o que nós verdadeiramente controlamos? A resposta é simples. Nossos pensamentos e escolhas. Em resumo, controlamos apenas o nosso "eu."

O resto é imparcial:

  • Corpo 
  • Morte
  • Eventos externos 
  • Saúde 
  • Reputação 
  • Ações de outras pessoas

Não relute contra as adversidades. Concentre-se no que você pode controlar (ou seja, suas ações, pensamentos e julgamentos).

É comum encontrarmos pessoas em estado de sofrimento por tentarem controlar o incontrolável. Se você parar de se preocupar com o que não controla, você não será uma dessas pessoas, e terá uma enorme mudança na sua vida.

"A felicidade está dentro de nós."

— Epicteto

2. Atente-se aos seus julgamentos

"O que inquieta os homens não são as coisas, mas sim sua opinião sobre as coisas."

— Epicteto

Epicteto nos ensina que temos o controle de julgarmos adversidades como uma coisa boa, ruim ou indiferente. O sofrimento, portanto, surge quando julgamos como bom algo que é ruim ou indiferente.

O que perturba o espírito do homem não são os fatos, mas sim os julgamentos sobre os mesmos. A morte, por exemplo, não tem nada de terrível, exceto sua opinião sobre a respeito da morte.

3. Esqueça os erros dos outros, e foque em você 

"Não recrimine ninguém, não acuse ninguém, e não reclame de ninguém. Recrimine apenas a si mesmo."

— Epicteto

Em seu livro O Manual de Epicteto, Epicteto traz vários ensinamentos sobre como lidar com algo que foge do nosso controle: as ações de outras pessoas. Algumas lições são especialmente úteis em momentos quando os comportamentos de outras pessoas são tóxicos a nós.

Em primeiro lugar, Epicteto nos ensina a aceitar as pessoas como são, e a não guardar ressentimentos. Dado que você não controla o comportamento das pessoas, guardar mágoas não soluciona nenhum problema.

"Quando alguém te tratar mal, lembre-se que ele o faz ou fala o pensamento que isso lhe é conivente. Seja gentil com quem te insulta."

— Epicteto

Em situações como o término de um relacionamento, é comum ver uma pessoa culpando a outra pelo seu estado mental. Nunca faça isso. Assuma a responsabilidade pela sua vida, e se esforce para fazer o melhor que puder das circunstâncias. Assumir a responsabilidade pela sua própria vida, mesmo sabendo que você não controla quase nada sobre você, é chave para o autodesenvolvimento.

Em segundo lugar, saiba que quando alguém te provoca, na verdade foi o seu juízo que te provocou.

“Quem não aponta nem a si mesmo e nem aos outros como culpados revela que a sua educação está completa.”

— Epicteto

4. Lembre-se que você irá morrer 

"Você pode morrer agora. Lembre-se disso para determinar o que você faz, diz e pensa."

— Marco Aurélio

Lembre-se que sua morte pode chegar a qualquer momento. Não desperdice tempo fazendo coisas que, caso tivesse certeza que amanhã seria o seu último dia de vida, você não faria. Memento mori.

5. Saiba que tudo vai passar

"Tudo flui, tudo se move. Nada permanece igual, exceto o próprio movimento."

— Heráclito

Eu sei que isso parece algo muito clichê, mas é a mais pura verdade. Você vai passar por inúmeros problemas na sua vida e irá lidar com muita pressão ao longo da sua jornada. Porém, não se esqueça que tudo isso cedo ou tarde vai passar.

O melhor jeito de lidar com os eventos externos que nos afetam é a aprendendo com as adversidades e mudando o nosso comportamento em resposta a elas. Desapegue de tudo que é externo, foque na excelência da sua mente e cultive o seu caráter. Obstáculos são oportunidades para nos tornarmos pessoas melhores.

"Somos mais do que qualquer período desafiador. Somos alma, somos espírito, somos essência." 

— Tony Robbins

6. Não tente fugir da realidade que você vive

É ilusão achar que fugir da realidade é uma boa forma de encarar os problemas que você enfrenta. Viajar não resolve os problemas, e muito menos beber, fumar ou comer compulsivamente. A fuga da realidade apenas piora a situação.

Sucesso, dinheiro, álcool, namoro, bens materiais… tudo isso é externo. É uma ilusão achar que algo externo pode trazer estabilidade mental para você.

O seu bem estar não depende de nada externo. Apenas o que é interno pode causar nosso próprio sofrimento. Soluções externas não resolvem problemas internos. Seja racional, aceite seus problemas e aja racionalmente em resposta a eles.

Conclusão

Em resumo, pare de se concentrar nas pessoas ao seu redor, e foque na pessoa que você é hoje.

Foque no que você está fazendo para lidar com situações difíceis.

Cultive valores como a bondade e autocontrole. Assim, os problemas que você enfrenta irão se tornar motivação.

Tudo irá fluir, e todas essas coisas que você julga hoje como ruins serão indiferentes no futuro. Como dizia Epicteto, mesmo em desgraça, esteja feliz.

Estes 6 ensinamentos mudaram radicalmente a minha vida. Mas lembre-se: não basta ficar lendo em como ser uma pessoa Estoica. Você precisa agir como uma!

Estoicismo é ação. A sabedoria está na ação, e não no pensamento.

Artigos Relacionados

VER TODOS

Conteúdo para lhe ajudar a manter a sanidade em meio ao caos

Como o Estoicismo pode ajudar a controlar a ansiedade

Como o Estoicismo pode ajudar a controlar a ansiedade

A ansiedade está se tornando um desafio para cada vez mais pessoas em diferentes lugares do mundo. Como filosofia prática, o Estoicismo pode ajudar.

Leonardo Torres
Ler Artigo
Imagem do vídeo da música L$D, do A$AP Rocky

O que uma trip de LSD me ensinou sobre Estoicismo

As palavras a seguir resumem um turbilhão de pensamentos e lições Estoicas que eu tentei me lembrar enquanto experienciava o pico do efeito do LSD.

Mateus R. Carvalho
Ler Artigo
VER TODOS

Acompanhe novidades do Estoicismo Prático

Ao preencher seu email abaixo, você receberá em primeira mão: artigos do blog assim que forem publicados, os mais recentes episódios dos podcasts e informações sobre novos projetos.
Você receberá no máximo um email por semana. ✅